ouça agoraícone face twitter instagram

Palco Frei Caneca FM no Rec'n'Play: da grade de programação para as ruas do Recife Antigo

13.11.18 - 15H47
Publico na Rua do Observatório no Palco Frei Caneca FM

Pela primeira vez um evento cultural teve programação com curadoria e chancela da rádio pública do Recife. Artistas como Barro, Bongar, Alice Caymmi e o projeto Slam das Minas se destacaram na grade dos shows que aconteceram nos últimos dias 9 e 10 de novembro durante o festival Rec’n’Play 2018. 

A Frei Caneca FM conseguiu levar, da grade da emissora para o palco do evento no Recife Antigo, uma seleção plural e caprichada de artistas, que representaram muito bem as novas e eternas cenas da cidade, além de darem voz a diferentes gêneros, cores, estilos e discursos.

A estreante Virgulados abriu o palco na sexta-feira (09), seguida da também jovem e potente Guma e da já aclamada Madimboo. O compositor e instrumentista Barro envolveu o público, de aproximadamente 8 mil pessoas, com as músicas de seu novo disco Somos. O show contou ainda com a participação especial de Mariana Aydar. Com um show bastante dançante, Romero Ferro colocou todo o público para dançar e ainda convidou para a festa a cantora Alice Caymmi, que interpretou um clássico do brega recifense, Louca da banda Kitara.

No sábado, quem abriu a festa, com muita rima, batida e denúncia, foi 1000KLRAP, grupo de Afogados da Ingazeira. Para o técnico de som Richard Soares, 19 anos, que também é da mesma cidade dos artistas, o show foi maravilhoso. “Eles trabalham com músicas autorais, as letras têm discussões profundas. Além disso, o show foi representativo da periferia, e, pra completar, a presença de palco deles é gigante”, comentou Richard que destacou também o fato de 1000KLPrap ser a primeira banda a levar música independente para as rádios da cidade do Pajeú.

Mais tarde, por volta das 23h, o Slam das Minas iluminou o nosso palco com muita poesia e resistência. “A apresentação foi incrível. Estamos emocionadas e felizes até agora. Foi muito potente, a plateia super atenta e gritando”, comenta Lilo MC após a apresentação. Além disso, o Grupo Bongar trouxe ao palco Frei Caneca FM representatividade do povo de terreiro com a musicalidade tradicional que permeia o universo da Comunidade Quilombola Xambá.

O Festival, realizado pelo Porto Digital, foi apresentado pelo Sebrae com co-realização da Ampla, e em parceria com a Prefeitura do Recife, Accenture e Smart Networks e contou com apoio da Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo no Estado de Pernambuco – Sescoop/PE, se firmando como o maior festival de experiências digitais do Nordeste. O evento promoveu 354 atividades, dentre elas, 60 realizadas por oito secretarias municipais, em 20 diferentes pontos e articuladas por 245 convidados de renome nacional e internacional.