ícone face twitter instagram

#DiscodaSemana - Vamo comer, Esdras!

23.04.19 - 09H43
Foto de Esdras

#DiscodaSemana é o novo quadro do Revista Difusora e toca, a cada dia, uma música diferente do álbum que ficará em destaque na programação. Criada em março, a novidade abre o programa, às 16h, de segunda a sexta. Confira abaixo o texto de Patricktor4 sobre “Transe”, do saxofonista brasiliense Esdras Nogueira, que é a escolha dessa semana.

Já dizia um velho ditado que as quatro melhores coisas da vida são comer e viajar. Ampliando o sentido auditivo e conectando os outros sentidos todos ao redor da música, Esdras Nogueira, nos brinda com uma linda releitura instrumental do clássico disco Transa de Caetano Veloso.

O saxofonista brasiliense, conhecido nacionalmente como um dos integrantes da banda Móveis Coloniais de Acajú é um dos mais respeitados nomes da cena musical da capital federal. É um artista inquieto, cheio de projetos interessantes e instigantes que tem nas provocações sonoras a pedra fundamental de suas realizações sempre nos convidando às suas "viagens sensoriais".

Nas sete faixas de Transe, Esdras junta as notas graves de seu sax barítono à guitarra de Marcus Moraes, ao baixo de Rodrigo Balduino e à bateria de Thiago Cunha, comendo Caetano Veloso de várias formas. Desta harmonização, surgem arranjos deliciosos, temperados com um groove que surpreende o ouvinte, que, mesmo sabendo tratar-se de uma releitura, se descobre seduzido pelas insumos combinados ao longo do disco.

Esdras e seus bluecaps criam novos e ousados climas para uma obra já tradicionalmente idolatrada, movimentam o eixo do disco de Caetano com maestria, trazendo o ouvinte a outro panorama sonoro, criando uma paisagem de fim de tarde do cerrado, um mix de alaranjado da terra ferrosa da região com aquele azulado multicromático do entardecer do DF.

Cortar, aquecer, resfriar, combinar texturas são parte da aventura do disco “Transe”, que flerta com o projeto/blog Coma Lá em Casa, que Esdras Nogueira desenvolve ao lado de sua companheira Mariana Escosteguy, e que se transforma no “Coma em Transe”. Nele  os autores desenvolveram um cardápio, quase uma #posologia, indicando um prato para saborear ao som de cada música do disco.

O excelente trabalho de Esdras Nogueira rendeu para ele convite para viagens ainda mais longas. Ele aporta no continente europeu no fim deste mês para apresentações na Alemanha, França e Espanha.

Seu novo álbum é uma obra de arte que contempla vários sentidos. seu corpo e seu espírito merecem o Transe!

——————————————————————-

Posologia:

Obra discográfica com posologia sugerida pelo artista.

Além do disco, Esdras presenteia seus fãs com o ebook “Coma em Transe”, onde cada receita foi escolhida para combinar com cada música do disco. O ebook está disponível aqui. Para quem não sabe, o artista é um cozinheiro de mão cheia e idealizador do projeto / blog / canal Coma Lá em Casa


——————————————————————- 

 

Patricktor4é DJ e Gerente de programação da Frei Caneca FM.